Trabalhador

O que é Superacabamento?

Também conhecido como brunimento de curso curto ou microusinagem, o superacabamento é uma técnica usada em metalurgia para melhorar a aparência de uma superfície de metal. Desenvolvido pela primeira vez nos Estados Unidos pela Chrysler Corporation durante a década de 1930, esse processo é usado para remover suavemente a fina camada deixada para trás após o alisamento da superfície com algum tipo de abrasivo, mas antes do processo de polimento do metal para um brilho.

Para gerenciar o processo de superacabamento, algum tipo de abrasivo que carrega um grão extremamente fino é girado ao longo da superfície enquanto o metal é girado na direção oposta. A ação ajuda a remover a camada final que foi deixada para trás pela ação inicial de acabamento. O resultado final é um fino padrão hachurado na superfície do metal, ideal para o polimento final ou aplicação de algum tipo de selante ou tinta no metal. Dependendo da natureza da usinagem, algum tipo de líquido ou lubrificante pode ser usado para controlar o nível de aquecimento que ocorre durante o processo.

Embora existam várias abordagens para superacabamento, três tipos principais prevalecem. O método conhecido como mergulho é considerado mais eficaz com superfícies de formato irregular. O método de alimentação contínua é considerado ideal para trabalhar com peças cilíndricas de metal e envolve a rotação das peças entre dois rolos de acionamento. Um terceiro método conhecido como "rodas", faz uso de rodas abrasivas ou copos para melhorar o acabamento em objetos de metal planos ou esféricos.

O processo real de superacabamento oferece alguns benefícios, bem como o potencial para o surgimento de algumas desvantagens. Este processo pode prolongar a vida útil do objeto de metal, geralmente diminuindo o nível de desgaste que é sustentado durante o uso normal. É provável que o metal permaneça selado por longos períodos de tempo também. Um exemplo de como essa estratégia pode fazer a diferença na vida útil de um componente de metal é melhor ilustrado com a engrenagem comum. Supondo que os dentes da engrenagem tenham sido superacabados, é provável que o componente dure de três a quatro vezes mais do que uma engrenagem que não passou pelo processo.

Em termos de possíveis responsabilidades, o superacabamento é uma despesa adicional que requer o uso de abrasivos e equipamentos especiais, o que pode elevar o custo unitário do produto acabado. A complexidade de trabalhar com diferentes formas de peças de metal também pode resultar na necessidade de levar mais tempo com o processo geral de acabamento, o que, por sua vez, também pode aumentar o custo total de produção de cada unidade. Por esse motivo, o processo não pode ser empregado quando o objetivo é produzir bens de forma rápida e barata, sem qualquer foco no prolongamento da vida útil dos bens.

Go up